Carpotroche brasiliensis – Sapucainha

Sapucainha

Sapucainha

Nomes populares – sapucainhat-tíánu”dó-de-pitq, canudeiro, fruta-de-babado, fruta-de-comona, fruta-de-cotia, fruta-de-macaco, fruta-de-lepra, mata-piolho, papo-de-anjo, pau-de-anj07pau-de-cachimbo, pau-de-cotia, pau-de-lepra, ruchuchu.

Angiospermae – Achariaceae

Características morfológicas – Altura de 5-20 m, com tronco de 10- 40 cm de diâmetro. Folhas simples, pubescentes quando jovens, com 10-18 cm de comprimento uma vez adultas. As flores são inicialmente brancas, tornando-se com o tempo amareladas com a zona central das pétalas de cor marrom-parda. Existem plantas masculinas, femininas e hermafroditas. Fruto cápsula globular-elipsóide.

Ocorrência – Sul da Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, na mata pluvial da encosta atlântica. Madeira – Moderadamente pesada, compacta, difícil de trabalhar, racha, no entanto, com facilidade; medianamente durável sob condições Utilidade – A madeira é própria para obras internas, marcenaria, carpintaria, confecção de caixas e para lenha e carvão. Os frutos são comestíveis e muito apreciados por animais silvestres, principalmente roedores. Suas sementes encerram um óleo parasiticida e outrora usado contra a lepra. A árvore é muito ornamental, principalmente pelo florescimento e pela estranha forma dos frutos. Pode ser empregada na arborização de ruas e praças, bem como em reflorestamentos.

Informações ecológicas – Planta perenifólia ou semidecídua, heliófita ou de luz difusa, indiferente às condições físicas do solo, característica da mata pluvial atlântica. Sua frequência é muito baixa, ocorrendo predominantemente nas planícies aluviais, tanto na mata primária como nas formações secundárias.

Fenologia – Floresce durante quase o ano todo, predominando contudo de junho a setembro. Os frutos amadurecem em agosto-setembro. Obtenção de sementes – Colher os frutos diretamente da árvore quando iniciarem a queda espontânea, ou recolhê-los no chão após sua queda. Em seguida quebrá-los manualmente e retirar as sementes, separando-as da polpa envolvente; cada fruto contém 80-120 sementes. Um quilograma de sementes contém aproximadamente 1.520 unidades. Produção de mudas – Colocar as sementes para germinação, logo que colhidas e sem nenhum tratamento, diretamente em recipientes individuais contendo substrato organo-arenoso; cobri-las com uma camada de 0,5 cm do substrato peneirado e irrigar duas vezes ao dia. A emergência ocorre em 15-30 dias e geralmente é superior a 50%. O desenvolvimento das plantas no campo é considerado moderado.